Escolha uma Página


O Inbound Marketing é uma das estratégias de vendas mais importantes do mercado. Com o acesso ao Google e as mídias sociais, o novo consumidor digital potencializou o seu poder, ganhando capacidade de analisar produtos, comparar preços e os benefícios de cada solução.

Desde então, esta metodologia é usada para a construção de relacionamento duradouro com o cliente, baseado na atração de seu interesse por meio de conteúdos de valor e compreensão de toda a sua jornada de compra, do primeiro contato até a venda.

E os resultados são realmente efetivos. Segundo a Hubspot, as empresas que utilizam o Inbound Marketing têm um custo 62% menor do que aquelas que apostam em iniciativas tradicionais e prospecção ativa de clientes (Outbound).

Se você quer dar o pontapé inicial na sua estratégia e ter resultados escaláveis, leia este postagem da Hubify com as boas práticas para construir o seu Inbound Marketing do zero.

Criação de Personas

Toda a estratégia de Inbound Marketing deve esclarecer os comportamentos e preferências de seus consumidores para planejar ações de vendas efetivas para a empresa. A principal maneira de fazer isso é através da criação de personas.

Para a pesquisa das suas personas, utilize os dados atuais do seu negócio, como históricos de clientes no seu CRM (ticket médio, por exemplo) e informações dos seus vendedores, como as dificuldades e motivações por trás das compras dos seus clientes.

Você pode colher dados diretamente com a sua base de clientes, através de entrevistas presenciais ou formulários, feitos em ferramentas como o Google Forms e Typeform.

E não esqueça da tecnologia! Explore os dados de audiência da sua página no Facebook e no Google Analytics, para descobrir como os seus clientes engajam com os seus canais de marketing e suas preferências de conteúdo.

Uma persona bem definida e alinhada com a empresa é o primeiro passo para uma estratégia de inbound de sucesso.

Alinhando a Jornada e Funil de Vendas

Um erro comum do Inbound Marketing é a confusão entre a jornada de compras e o funil de vendas. Estes conceitos estão relacionados, pois o funil é o modelo que demonstra toda a jornada, detalhando as etapas do relacionamento do cliente com uma empresa.

Porém, a jornada do comprador representa os três passos que um cliente toma antes da compra, se iniciando pela descoberta de um problema; a consideração da solução para esta questão e finalmente, a decisão pelo produto que atenderá às suas dores.

É importante usar esta metodologia como uma base para decidir quais serão etapas do pipeline, os critérios para qualificação do cliente neste funil e definir quais serão os seus indicadores de sucesso, como a taxa de conversão destas etapas.

Desta forma, a sua estratégia de Inbound estará pronta para construir fluxos de nutrição e segmentar conteúdo para a atração de interesse do comprador.

Automação de Marketing

Os sistemas de automação podem ser importantes aliados para que o seu negócio gerencie todo o mecanismo de funcionamento do pipeline, publique conteúdos, dispare e-mail marketing e analise as métricas de sua estratégia.

Segundo a Focus Research, 75% das empresas que instalaram alguma automação tiveram aumento de ROI em 12 meses de uso. No mercado nacional, existem soluções cada vez mais completas, como a RD Station.

Porém qual é a plataforma ideal para o seu negócio?

Primeiro, considere o número de profissionais e o seu segmento de mercado. Será preciso treinar pessoas para usar esses softwares? Depois, verifique se a sua escolha possui recursos de qualificação com lead scoring e gerenciamento das atividades de leads.

Com um bom sistema de automação, sua empresa ganhará agilidade para planejar e concentrar esforços para produzir conteúdos.

Marketing de Conteúdo

Servindo como combustível para o Inbound Marketing, uma estratégia de conteúdo precisa ser bem organizada para levar mais prospectos até a venda e gerar ROI. Se você está neste momento do planejamento, confira três dicas para acelerar a sua produção e melhorar os resultados:

01. Calendário Editorial

Criar um calendário com datas de publicações, responsáveis pela produção e o andamento do processo é uma excelente método para publicar com frequência. Use ferramentas como o Trello ou o Google Calendar para ativar notificações e não perder a data de divulgação.

02. Produção interna x externa

Se você não possui um time de conteúdo, considere terceirizar a sua produção com o uso de plataformas ou contrate uma agência especializada em gestão de conteúdo. Assim, o seu negócio poderá escalar o número de suas publicações e reduzir custos com contratações sem perder a qualidade e frequência.

03. Estratégias de Publicação

Especialistas sugerem que você concentre 80% de sua produção no topo de funil e dedique apenas 20% para última etapa da jornada. Você pode explorar outras mídias, como podcasts e vídeos para atrair novas audiências ao seu negócio.

Produção de materiais ricos

Os materiais ricos são excelentes conteúdos de valor para que os seus leads aprofundem o conhecimento deles sobre a sua solução, além de serem uma importante forma de mantê-los nutridos durante seu percurso no funil de vendas.

Para produzir e-books e whitepapers de qualidade, organize checklists para controlar todo o processo de escrita, design e construção de landing pages. Considere também a criação de campanhas para a promoção de materiais por anúncios pagos e o trabalho de SEO.

Alinhamento de Canais no Inbound Marketing

Para que a sua estratégia funcione, é preciso que os seus canais de marketing estejam alinhados para interagir com o seu cliente e entregar conteúdo na hora certa. Logo, sua empresa deve estar onde a sua persona está e apostar no planejamento omnichannel.

Isto significa que todos os pontos de contato – seja digitais ou offline – precisamproporcionar a mesma experiência ao consumidor e oferecer a mesma qualidade de atendimento. Seja no Facebook ou na loja, seu cliente deve ser capaz de comprar e ter preços similares.

Estas práticas ajudarão o seu negócio a alcançar os seus objetivos, mas você não deve esquecer que este é um processo de otimização contínua. Portanto, sempre mensure as suas ações de Inbound Marketing e tome decisões orientadas por dados.

Se você quer ter um planejamento orientado por dados, leia mais sobre o que é o marketing digital de performance no blog da Hubify!

Fonte: Transformação Digital
Autor: Caio Sigaki